No hate. No violence
Races? Only one Human race
United We Stand, Divided We Fall
Radio Islam
Know Your enemy!
No time to waste. Act now!
Tomorrow it will be too late

English

Franç.

Deutsch

Arabic

Sven.

Español

Portug.

Italian

Russ.

Bulg.

Croat.

Czech

Dansk

Finn.

Magyar

Neder.

Norsk

Polski

Rom.

Serb.

Slov.

Indon.

Türk.

汉语
La conférence internationale révisionniste de Trieste

An international Revisionist Conference was held by the cultural association Nuovo Ordine Nazionale , on the 6th and 7th of October in Trieste Italy. Amongst the participants: Mr Jean-Louis Berger (France), Professor Robert Countess (United States), Mr Russ Granata (United States), Mr Ahmed Rami (Morocco), Mr Vincent Reynouard (France), Dr Fredrick Töben (Australia), Jürgen Graf (Switzerland)...


  International Revisionist Conference on:
Revisionism and Dignity
of the Defeated Countries
(At Trieste, Italy, 6-7 October, 2001) 
Translation by
KLAN NS
of English text
 
A public meeting was held at “La Fiera” conference centre in Trieste at the weekend of 6-7 October, 2001 on the theme “Revisionism and Dignity of the Defeated Countries”, in which speakers of various nationalities took part. The event was organised by the local cultural association Nuovo Ordine Nazionale.

 

Ahmed Rami

De acordo com Ahmed Rami, um oficial do Exército Marroquino residente na Suécia, onde dirige as actividades da ‘Radio Islam’: “Não haverá nenhuma ‘guerra de civilizações’ com a qual os Judeus sonham, pois apenas existe UMA civilização humana cujo centro tenha mudado ao longo dos anos e cujos povos tenham contribuído de uma forma construtiva; enquanto que os Sionistas, pelo domínio, exploração e corrupção, apenas representaram o papel de um vírus destrutivo!”

“Actualmente, os Judeus dominam, praticamente, o mundo inteiro, pelos meios da corrupção e, particularmente, nos Estados Unidos da América: economicamente e culturalmente. Se os Judeus reclamam a Palestina, um compromisso poderia ser encontrado, com sacrifícios de ambas as partes, mas não é esse o caso: eles transformaram o mundo inteiro numa enorme “Palestina” ocupada e exercem, efectivamente, um grande domínio sobre todos os países do globo!”

Rami acusa o poder Judaico de “uma larga escala de terrorismo intelectual que é praticado nos políticos, nos média e na educação, com o objectivo de desenvolver e fortalecer o mito emergente da sua propaganda. Em vez de um debate aberto onde exista liberdade de investigação histórica, a actual versão mentirosa dos Judeus precisa da protecção da lei e da polícia, na impossibilidade de se impor por ela própria!”

“Os Judeus gozam, sem restrições, nos nossos países, de direitos que não consagram aos não-Judeus. Um Francês ou um Suíço não têm, hoje, os mesmos direitos na sua terra como têm os Judeus.” Rami acrescenta: “Os Judeus acreditam serem eles o ‘povo escolhido’ que recebeu do seu ‘Deus’ o direito de se apropriar da terra do povo Palestiniano, e o direito de o exterminar.”

“Os judeus consideram, de acordo com a sua ‘religião’, que somente eles são seres humanos, enquanto que os restantes são meros ‘Goyim’ (animais). Todos os seus festejos religiosos (como os de Purim e Passover) celebram bárbaros massacres perpetuados pelos Judeus contra outros povos. O Novo Testamento era suposto ter “anulado” o Antigo Testamento, mas os Sionistas de hoje pretendem “judaizar” o Cristianismo e ignorar o Novo Testamento.”

“O Islamismo e o Cristianismo são religiões universais fundadas nos mesmos princípios do amor, justiça e igualdade; essas duas religiões uniram-se contra o Judaísmo racista e contra Israel, cujas primeiras vítimas são os Cristãos Palestinianos. Mas as 200 bombas atómicas de Israel não serão testadas na Palestina. Essas bombas são para serem usadas como armas de chantagem contra toda a humanidade e, primeiro e principalmente, contra a Europa!”

Rami continua: “O poder Judaico é baseado, essencialmente, numa fraude intelectual ‘legalizada’ e no gigantesco ‘bluff’ do ‘Holocausto’, que todos podemos e devemos desmascarar. É por essa razão que os Sionistas temem a liberdade de expressão e a liberdade nas investigações que poderão colocar em risco a distinta e lendária propaganda Judaica da verdade histórica, baseada na investigação científica.”

No que diz respeito à imigração na Europa, Rami tem estas palavras para os seus amigos Muçulmanos: “Em resultado do ódio, levantado pelos Média controlados pelos Judeus no Ocidente, contra a dignidade Islâmica e Muçulmana, sozinho na resistência contra o domínio Judeu, eu incito os imigrantes Muçulmanos na Europa a regressarem à sua Pátria para a libertarem, desenvolverem e democratizá-la. É uma questão de dignidade Islâmica e Muçulmana. A hospitalidade não é um dever. O povo Muçulmano tem que trazer ordem aos seus países removendo as ditaduras e resolvendo os seus enormes problemas, centralizados no desemprego, em vez de exportar esse desemprego para o Ocidente.”

Tirando o problema Judaico, parece que todos os outros problemas no mundo têm uma solução. A ocupação Judaica na Palestina é hoje – e tem sido à mais de 50 anos – a expressão máxima da única ideologia colonialista (uma forma de ‘apartheid’ racista) ainda em vigor, não oferecendo perspectivas de uma solução justa, sendo, acima de tudo, um grave obstáculo à paz à escala mundial.”

Com o desaparecimento do colonialismo Europeu não há nenhuma razão para o conflito entre o mundo Muçulmano e o Oeste ou entre o mundo Muçulmano e o Cristão. Agora somos todos dominados pela máfia Judaica que nos leva a arcar com uma ocupação ‘química’ a Oeste e uma ocupação ‘mecânica’ na Palestina. Posso verificar, sem qualquer exagero, que a libertação da Palestina tem que começar com a libertação dos EUA e da Europa!”

“Nesta tourada que agora tem lugar, sob o auspicioso mundo Sionista, os Média controlados pelos Judeus são como o toureiro ocupado em balançar a capa vermelha do ‘perigo Islâmico’ perante o touro Ocidental! Consequentemente, levam-nos a crer que estamos a enfrentar um falso inimigo.”

O oficial Marroquino islamista dirigiu-se à audiência Europeia nos seguintes termos: “Se os Judeus querem criar, numa terra que roubaram, um estado nacionalista Judaico, exclusivo para Judeus, então os Italianos e os Alemães e os Franceses têm também o direito legítimo de estabelecer, nos seus países, um estado nacionalista Cristão. Deste modo, e respondendo à insolência dos Judeus, se eu fosse Italiano, seria como vocês, Cristão, nacionalista e Fascista, e se vocês fossem Marroquinos seriam certamente como eu, Islâmicos!”

Resumidamente, se os Sionistas estabeleceram um estado JUDEU (na Palestina ocupada), que direito têm agora de nos negarem um estado Cristão na Europa ou um estado Islâmico no mundo Muçulmano?”

A meu ver, hoje, o único critério válido para destinguir um amigo de um inimigo deve ser a tomada de posição na questão Palestiniana e a tomada de posição face ao problema Judaico. Se Jesus regressasse ao seu mundo, a única pergunta que eu tinha para ele seria: ‘É a favor ou contra a ocupação Judaica da Palestina?’”

Quem, alguma vez, compreendeu o problema dos Judeus, compreendeu tudo. Quem nunca o compreendeu, não compreendeu nada. Adolf Hitler compreendeu o problema perfeitamente. Para nós, Muçulmanos, a Segunda Guerra Mundial não foi o conflito entre o bem e o mal, mas sim a guerra contra a ocupação Judaica, a Intifada do povo Alemão. A guerra entre Hitler e os racistas que nos colonizaram, ou que aspiravam colonizar-nos. Se existir um mal absoluto no mundo é, sem dúvida, o projecto colonialista Judaico. Em nenhum momento, o bem esteve representado pelas forças colonialistas de ocupação Judaicas ou pela ideologia colonialista dos Judeus, contra as quais Hitler lutou. Os inimigos dos Judeus não são, necessariamente, nossos inimigos. Pelo contrário...”

Ele conclui: “Permitam-me que repita e enfatize: o seu grande e sinistro poder é construído sobre uma mentira, que é o ‘Holocausto’, que, juntos, podemos facilmente destruí-la, como quem rebenta um balão com um pequeno alfinete.”

 
    
Index



HOME



  


Jewish Terrorism and Aggression, Jewish Spying and Disinformation

 

 



This Site is owned by a group of freedom fighters from different countries in support of A. Rami's struggle.
Ahmed Rami (the founder of the station Radio Islam), Box 316, 10126 Stockholm. Phone:+46 708 121240

"Israel como um Estado judeu constitui um perigo não apenas a si mesma e a seus habitantes, mas a todos os judeus, e a todos os povos e Estados do Oriente Médio e além."

- Prof. Israel Shahak, judeu e fundador da Liga Israelense de Direitos Humanos


Palestine banner
Viva Palestina!

Latest Additions - em Português

A Entrevista do General Remer
Um dos mais famosos comandantes militares da II Guerra Mundial

Quem controla o Brasil - sionismo na presidência

A conspiração Sionista - para dividir os estados Árabes em pequenas unidades

Fotos   

Herman Rosenblat, um – verdadeiro – cara de pau!    


Iraq under Jewish occupation
Iraq - guerra e ocupação


Rabino defende genocídio do povo palestino

A vez do Irã

Um Complô contra a Radio Islam

Massacre em Gaza - A bestialidade judeo-israelita
Por Alfredo Braga

O que é o Revisionismo?
 

"Se eu fosse um líder árabe nunca assinaria um acordo com Israel. É normal; nós tomamos o país deles."

- David Ben-Gurion, Primeiro-Ministro de Israel


Citações - sionismo

Os Judeus Khazares
Por Dr. Alfred M. Lilienthal


Rabino defende Holocausto Iraniano
“devemos orar pela destruição do Irã”

O poder oculto - De onde nasce a impunidade de Israel
Por Manuel Freytas

Down with Zio-Apartheid
StopJewish Apartheid!

Sobre a influência sionista no Brasil: Judeus no Brasil

As vitórias do revisionismo
Por Professore Robert Faurisson

The Jewish hand behind Internet The Jews behind Google, Facebook, Wikipedia, Yahoo!, MySpace, eBay...

Islamofobia = Propaganda Sionista

Um olhar para o poderoso Lobby judeo - Por Mark Weber

The Founding Myths of Modern Israel
Garaudy: "Os Mitos fundadores"


A Lavagem de Dinheiro das Drogas Pelos Judeus
Maior jornal Israelense Ma'ariv revela!

No assunto do rancor judaico à Cristandade - Por Israel Shahak

Racismo Judaico contra Não-Judeus conforme expresso no Talmud

Reel Bad Arabs - Revealing the racist Jewish Hollywood propaganda

Sobre "O Relatório Leuchter"

The Founding Myths of Modern Israel
Shahak: "Storia ebraica"

O Holocausto negro 
“O comércio de escravos estava nas mãos de judeus”

Protocolos dos Sábios de Sião

Videos - Importante coleção
 

Talmud unmasked
A Verdade Sobre o Talmud

O Talmud Desmascarado

Caricaturas 

Ativismo! - Participa na luta!